segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

AMIGOS DO VINHO

Chef Julio Cesar, do Julio's Bistrô, em São José de Mipibu, e Ilo Peixoto, fundador da confraria "Amigos do Vinho"

na noite de sábado passado, 04, do primeiro jantar harmonizado da mais nova confraria de Natal, a Amigos do Vinho. O jantar aconteceu no Julio's Bistrô, em São José de Mipibu, com menu em seis etapas, harmonizado com espumante, vinho branco, vinho tinto e vinho de sobremesa, com serviço que durou cerca de três horas.
Mais de 20 confrades estiveram no jantar harmonizado no Julio's Bistrô

A ideia da confraria partiu do auditor fiscal Ilo Peixoto do Nascimento, um apaixonado pelo mundo do vinho, que, há sete anos, reúne um grupo de amigos para viajar para países produtores dessa bebida. Eles já estiveram na Argentina, Chile, Uruguai e na serra gaúcha, no Rio Grande do Sul.
Durante o jantar foram degustados cinco rótulos de vinho, quatro deles argentinos
Depois de muitas viagens, Ilo achou por bem criar a confraria, que pretende se reunir uma vez por mês em jantares temáticos nos restaurantes de Natal. 
Nas reuniões mensais, a ideia é apresentar uma pequena ficha técnica de cada vinho a ser degustado, e falar também sobre a harmonização com a comida. "Não queremos nos tornar 'enochatos', mas vamos buscar um pouco mais de informação sobre a produção de vinho no mundo, a particularidade de cada rótulo e os benefícios à mesa de uma harmonização correta", explica Ilo, que vai coordenar a confraria.
Mix de finger foods com ceviche de peixe, polvo à provençal e bacalhau pintxo

E foi exatamente isso que aconteceu nesse primeiro encontro. Pouco mais de 20 pessoas estiveram no jantar. O deslocamento até São José de Mipibu foi feito de van, para que ninguém tivesse que se preocupar em dirigir depois de beber.
Camarão com redução de balsâmico e vinho, grelhado e flambado com conhaque, salteado com legumes à jardineira, e servido na cama de abobrinhas ao pesto

O jantar começou com uma cesta de pães artesanais com pasta de formaggio, de bruscheta, de pesto e de pollo aioli.

Os vinhos da noite foram argentinos, com exceção de um tinto, o brasileiro Prosa. A primeira bebida servida foi o espumante Sensacion Brut, da bodega RFM, que fica na região do Maipu, em Mendoza, feito com 80% da uva Chenin Blanc e 20% da pouco conhecida uva Ugni Blanc, elaborado pelo método Charmat. 
Risoto de cordeiro com crispy de queijo provolone, servido com mini salada, molho especial de hortelã e maçã verde

Espumante de coloração amarelo suave com tonalidades verdosas, com borbulhas finas e persistentes. Destacam-se as frutas frescas, com predominância do pêssego e maçã verde. É muito fresco e equilibrado, com acidez que ressalta o frescor e a juventude da bebida.

Para harmonizar com o Sensacion Brut, o chef Julio César serviu um Mix de finger foods com ceviche de peixe, polvo à provençal e bacalhau pintxo.
Entrecot com batatas rústicas servido em molho de mostarda l’ancciene com laranja e especiarias

O segundo vinho da noite foi o branco Los Haroldos Chardonnay 2015, de coloração amarelo com toques verdes, de aroma intenso de frutas tropicais. Na boca é fresco, persistente e com final prolongado. O prato escolhido foi o Camarão com redução de balsâmico e vinho, grelhado e flambado com conhaque, salteado com legumes à jardineira, e servido na cama de abobrinhas ao pesto.
Duo de sobremesas: Banana flambada com sorvete e Alfajor artesanal com doce de leite caseiro, coberto de chocolate meio amargo

Um risoto de cordeiro com crispy de queijo provolone, servido com mini salada, molho especial de hortelã e maçã verde, foi o prato escolhido para harmonizar com o vinho Prosa Reserva Cabernet Sauvignon 2012, com maturação de seis meses em barricas de carvalho americano, mais seis meses de afinamento em garrafa. De coloração rubi, tem aromas de frutas vermelhas, especiarias e tostado. Tem bom volume de boca com final macio e agradável, com 13% de álcool.


O jantar prosseguiu, em meio a muitas conversas, com um Entrecot com batatas rústicas servido em molho de mostarda l’ancciene com laranja e especiarias. Este prato foi harmonizado com o vinho Norton Malbec 2013, elaborado em Luján de Cuyo com vinhedos entre 15 e 30 anos. Estagia 24 meses em barricas de carvalho e em garrafa. Tem excelente corpo, cor intensa, aromas complexos e um delicado final de prova em boca.
A degustação do primeiro jantar da confraria Amigos do Vinho foi encerrada com um Duo de sobremesas, que recebeu muitos elogios dos confrades. Foram servidos uma Banana flambada com sorvete, e um Alfajor artesanal com doce de leite caseiro, coberto de chocolate meio amargo. 








Nenhum comentário:

Postar um comentário